Sargento que atirou na ex e no atual namorado dela tem casa incendiada

5/03/2016 às 10h03

A casa do policial militar aposentado, suspeito de ter atirado na ex-namorada e no atual namorado dela na noite de quinta-feira (4), foi incendiada nesta sexta-feira (4) no Bairro Areal, Zona Sul de Porto Velho. Segundo vizinhos da vítima, a casa do PM foi queimada por dois homens, ainda não identificados. Na ocasião, a dupla também ateou fogo no carro do ex-sargento.

De acordo como bombeiro Alexandre Trajano, o fogo não destruiu completamente a casa do policial. "Recebemos a informação que haviam incendiado a casa do suspeito. Acionaram a viatura e nos encaminhamos para o local. Quando chegamos aqui, o fogo já havia tomado conta do carro do dono da casa e estava se alastrando para os cômodos. Após combatermos o incêndio, visualizamos que o fogo destruiu somente um quarto simples com cama e guarda-roupa e deu perda total no carro do suspeito de duplo homicídio", explicou Trajano.

O sargento informou ainda que dentro da residência não havia nenhum morador. "Dentro da casa não havia ninguém, pois o dono havia se retirado por conta do crime ocorrido na noite de quinta-feira (4) ao lado da casa incendiada", esclareceu Trajano.

Segundo a delegada da Delegacia da Mulher (Deam) de Porto Velho, Janaína Xander, a ex-namorada do suspeito havia feito um BO contra o ex-militar aposentado. "Ela já havia feito um boletim de ocorrência, pois o suspeito não aceitava o fim do relacionamento. Após uma audiência, ela concordou em não apresentar denúncia contra ele", informou Janaína.

A delegada disse ainda que uma prima da vítima testemunhou toda a ação do suspeito. "A testemunha foi ouvida e primeiramente a ocorrência foi registrada na 3ª DP. Mas, a prima da vítima se encaminhou à Deam e daqui encaminhamos o mandado de prisão e passamos as informações para a delegacia de homicídios, já que o namorado da mulher morreu durante a madrugada", explicou Janaína.

O irmão do ex-militar aposentado registrou um boletim de ocorrência sobre o incêndio na casa, pois caracteriza dano ao patrimônio público. O homem não quis se pronunciar sobre o crime. Parentes do casal vítima do suspeito não quiseram se pronunciar sobre a situação.

Entenda o caso

O policial militar aposentado é suspeito de atirar contra a ex-namorada de 51 anos e o namorado dela, de 59 anos, na noite de quinta-feira (3), na rua 13 de setembro, no Bairro Areal, Zona Sul de Porto Velho. O suspeito fugiu do local com a ajuda do próprio filho e continua foragido. A Delegacia de Homicídios vai investigar o crime. De acordo com a Delegacia da Mulher, a prisão preventiva do ex-policial já foi pedida, pelo caso que caracteriza tentativa de feminicídio e homicídio consumado, já que a mulher está na UTI do Pronto Socorro João Paulo II e o homem morreu.